INTRODUÇÃO
DOCENTES
FORMAÇÃO INICIAL
FORMAÇÃO COMPLEMENTAR

FORMAÇÃO CONTÍNUA

PROFISSIONALIZAÇÃO
PROJECTOS
ALUNOS

 

PROGRAMA - Expressão Plástica

 

Introdução:
Numa perspectiva de valorização do processo criativo, bem como do conhecimento experimental dos diversos materiais de expressão plástica, nos campos bi e tridimensional, a disciplina de Expressão Plástica, actua simultaneamente sobre dois eixos: o "saber fazer" da arte e o "saber ver" a arte. O primeiro eixo abrange a verdade produtiva e expressiva da arte enquanto criação de um saber específico. O segundo eixo implica a integração transversal de conhecimentos da linguagem visual e plástica, tendo em vista a inserção da produção no discurso social, educativo e profissional, por forma a criar competências em termos de fruição, expressão e realização criativa.

Objectivos:
" Compreender a importância das artes plásticas como meio de expressão e comunicação visual.
" Explorar a diversidade de linguagens plásticas no espaço bi e tridimensional.
" Aplicar os elementos estruturais da linguagem plástica e as suas interacções na construção de mensagens visuais.
" Explorar os diferentes materiais e técnicas de representação da forma pictórica e escultórica.
" Desenvolver a compreensão e a pesquisa de processos criativos.
" Desenvolver o espírito crítico na apreciação do trabalho realizado individualmente e em grupo.

Conteúdos:
" A Arte como linguagem de expressão e comunicação visual.
" A Percepção visual e a forma plástica.
" Os elementos estruturais e compositivos da linguagem plástica.
" Os materiais, instrumentos e suportes de expressão plástica.
" Técnicas de expressão e práticas de representação nas vertentes bi e tri dimensionais.
" Processo criativo e análise crítica.

Metodologia:
A acção pedagógica será desenvolvida em processos de pesquisa individual e intervenção criativa. A análise dos temas de estudo será antecedida e acompanhada de informação audiovisual, textos de apoio e de iniciativas culturais como visitas de estudo a museus. No conjunto das várias motivações, serão desenvolvidos exercícios práticos, experiências com materiais e projectos globalizantes.

Avaliação:
A avaliação será contínua e formativa, com ênfase na criatividade e desenvolvimento de projectos de trabalho, tendo em consideração as vertentes do conhecimento e domínio das matérias em estudo, bem como do empenhamento e participação na actividade escolar.
Como objecto de avaliação intercalar e final, serão constituídos e apresentados portofolios dos projectos realizados.


Bibliografia:

ARNHEIM, RUDOLF (1973), Arte & Percepção Visual - Uma psicologia da visão criadora, Livraria Pioneira Editora, São Paulo.

MAYER, RALPH (1999), Manual do artista - de técnicas e materiais , Martins Fontes, São Paulo.

MUNARI, BRUNO (1981), Fantasia, invenção, criatividade e imaginação na comunicação visual, Colecção Dimensões, Editorial Presença, Lisboa,.

NOBRE, FERNANDA, (1999) Atelier de Artes 10/11/12 - Materiais e Técnicas de Expressão Plástica , Areal Editores, Lda, Porto.

READ, HERBERT (1982), A Educação pela Arte, Col. Arte & Comunicação, Edições 70, Lisboa.

RODRIGUES, DALILA D'ALTE (2002), A Infância da Arte, a arte da infância, Edições ASA, Lisboa.

WALTER, F. (1999), Arte do Séc. XX, 2 Vols., Taschen.

WRIGHT, MICHAEL (1997), Introdução às Técnicas Mistas, Editorial Presença, Lisboa.

PINA, ILÍDIO; NUNES, PAULO; FERREIRA, SÉRGIO (2001), Oficina de Artes (Bloco I, II, III), Lisboa Editora.

SAUSMAREZ, MAURICE DE (1986), Desenho Básico - As dinâmicas da forma visual, Colecção Dimensões, Editorial Presença.

SOUSA, ROCHA; BATISTA, HELDER. (s/d), Para uma didáctica introdutória às Artes Plásticas, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.

SOUSA, ROCHA (s/d), Desenho (Área: Artes Plásticas), Colecção de Textos pré-universitários, Ministério da Educação, Lisboa.

STERN, ARNO (1963), Le Language Plastique, Delachaux & Niestle.