ESELx

Instituto Politécnico de Lisboa

Programa Eco-Escolas

Programa Eco-Escolas

O que é?

O Programa Eco-Escolas é  um Programa internacional e vocacionado para a educação ambiental, para a sustentabilidade e para a cidadania, que a Fundação para a Educação Ambiental (FEE) implementa em vários países desde meados dos anos 90. Visa encorajar ações e reconhecer o trabalho desenvolvido pela Escola em benefício do ambiente e da sustentabilidade.

Implementado em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) desde o ano letivo 1996/97, contava no ano 2000 com cerca de 100 escolas galardoadas, tendo o ritmo de crescimento sido de cerca de 100 escolas/ano a partir dessa data. Em 2009 ultrapassou as 1000 escolas inscritas, oscilando a taxa de atribuição do galardão Bandeira Verde entre os 60 e os 70% do número de escolas inscritas.

Síntese em .pdf [última atualização set 2018]

O Programa está orientado para a implementação da Agenda 21 Local, visando a aplicação de conceitos e ideias de educação e gestão ambiental à vida quotidiana da escola. As ações concretas desenvolvidas pelos estudantes e por toda a comunidade educativa proporcionar-lhes-ão a tomada de consciência que simples atitudes individuais podem, no seu conjunto, melhorar o Ambiente global.

Aos estudantes é-lhes dirigido o desafio de se habituarem a participar nos processos de decisão e a tomarem consciência da importância do ambiente no dia-a-dia da sua vida pessoal, familiar e comunitária.

O Programa procura igualmente, estimular a criação de parcerias locais entre a escola e as autarquias, procurando contribuir para um maior envolvimento e participação em todo o processo, dos municípios, empresas, órgãos de comunicação social, ONGA's e outros agentes interessados em contribuir para o Desenvolvimento Sustentável.

A proposta às escolas consiste na adoção de uma metodologia de trabalho (simplificadamente denominada por 7 passos) que, articulando atividades de exploração de diversos temas, contribua para uma melhoria global do ambiente da escola e da comunidade. Este esforço é reconhecido através da atribuição de uma Bandeira Verde, que certifica a existência, naquela escola, de uma educação ambiental coerente e de qualidade.

Um dos aspetos interessantes deste Programa, onde cada escola passa a pertencer a uma Rede, reside no estímulo ao estabelecimento de laços entre as Eco-Escolas, que se tem traduzido na multiplicação de iniciativas onde se cruzam experiências e atividades (seminários, reuniões regionais, colóquios, iniciativas dos municípios, intercâmbio entre escolas, etc...)


Metodologia

A metodologia do programa é inspirada nos princípios da Agenda 21 Local (com origem na conferência da ONU ECO 92), é descrita em 7 passos que visam garantir a participação das crianças e jovens na tomada de decisões, envolvendo-os assim na construção de uma escola e de uma comunidade mais sustentáveis.

Os 7 passos:

1 - Formalização de um Conselho Eco-Escolas
(grupo de trabalho com representação dos alunos em maioria, professores, funcionários, pais, município e outros elementos da comunidade, que sugere, discute e avalia o plano de atividades)
2 - Realização de uma Auditoria Ambiental
(ferramenta de diagnóstico do estado ambiental da escola e que permite uma verificação da evolução ao longo do tempo)
3 - Construção de um Plano de Ação
(planificação/previsão das atividades nos vários temas de trabalho: Resíduos, Água, Energia (fundamentais) + tema do ano (“Ar” e/ou “Espaços Exteriores” em 2020/21) + outros que a escola pretenda trabalhar
4 - Monitorização e Avaliação
(análise do sucesso das atividades realizadas face a metas concretas – ex: diminuir em 20% os resíduos indiferenciados; criação de brigadas verdes para monitorização das ações da comunidade escolar.
5 - Trabalho Curricular
(as atividades Eco-Escolas poderão ser integradas em várias disciplinas)
6 - Informação e Envolvimento da Escola e da Comunidade Local
(divulgação do Programa na escola e na comunidade; articulação com outras entidades; realização do Dia Eco-Escolas
7 - Eco-Código
(conjunto de frases, ideias, compromissos elaborados pelos alunos da escola, que traduzam o código de conduta/regulamento ambiental da escola)